Relação de Liderança e Cavalos

Cavalos são mestres em evocar quem somos e como devemos ser. ele nos auxilia a evidenciar nossas características como líderes, que muitas vezes não temos coragem ou personalidade para expor.

Por Equipe Cavalos do Sul

03/04/2014

A liderança é um fenômeno comum desde os primórdios da humanidade. Sempre existiram líderes, pessoas que se destacam dentre os demais, e acabam por conduzir os outros. Pessoas que assumem os direitos e deveres de um representante geral.

Você deve estar se perguntando "o que tem haver o cavalo com isso"? Se analisarmos humanos e cavalos, ambos são animais, e ambos são "liderados". Os cavalos, desde antes de Cristo, já eram utilizados nas guerras de povos antigos por serem inteligentes e velozes, muito mais rápidos do que homens a pé. E se tentarmos imaginar a imagem de um grande rei, por exemplo, chegando com seu exército, todos montados em cavalos fortes, começamos a compreender a intimidação que o homem associado ao cavalo pode causar. O traço equestre é evidente em líderes históricos, citando:

* Os Césares de Roma
* Napoleão Bonaparte
* Átila, o Flagelo de Deus
* Osório, Legendário Marques do Herval
* Alexandre, o Grande
* Gengis Khan, o Rei dos Mongóis

A equitação tornou-se um instrumento de auto-aperfeiçoamento humano. Um líder deve ter princípios de autenticidade e honestidade nos relacionamentos interpessoais, como mencionam os pesquisadores Paul Hunting (Inglês) e a americana Adriana Strozzi, que refletem sobre a "liderança natural pela Equitação Natural":

"[...] No fundo toda pessoa é um líder natural. Mas a habilidade para expressar completamente esta qualidade é facilmente obscurecida pelas censuras e falsas imagens que nos são acrescidas ao longo de nossa vida e carreira. Trabalhando com cavalos num contexto muito particular que chamamos "Cavalgando para sua vida" podemos rapidamente liberar o talento oculto para liderar e também energias criativas ilimitadas..."

Adriana Strozzi, pesquisadora que dirige o programa Horses and Leadership (Cavalos e Lideranças) há 12 anos, diz que: "A liderança natural não está sob nenhuma forma de controle, não pode ser forçada ou manipulada, ela deve ser evocada. Cavalos são mestres em evocar quem somos e como devemos ser para aproveitar a influência natural, positiva e eficaz que está conosco desde que nascemos."

Adriana Strozzi pesquisadora que dirige o programa Horses and Leadership

Em seu site, a pesquisadora menciona que em um de seus seminários, Jet Star, uma égua, reagiu de formas diferentes a cada um dos oito alunos, por exemplo, com um deles, a potra não tomou a andadura passo, partindo direto ao trote. Strozzi interpretou a ação como uma tendência do participante de "mergulhar de cabeça" nas situações sem considerar as consequências e o aluno concordou.

Os cavalos constantemente demonstram ser excelentes para interagir e auxiliar as pessoas, principalmente quando convocados como agentes terapêuticos para pessoas portadoras de necessidades especiais. E por isso, corporativamente são perfeitos, pois precisam de líderes confiáveis, assertivos, sérios, integrados, capazes de respeitar o tempo de cada um e uma direção segura a seguir, pois sua sobrevivência depende disso.

Esses animais são especialistas em responder e amplificar instantaneamente a qualquer experiência do momento, incluindo pensamentos, sentimentos e emoções daqueles que estão próximos. Vivem melhor em grupos, como nós, por isso somos tão semelhantes, e esta é uma das principais razões de serem excelentes para ensinar a liderar, conviver em harmonia com todos.

O cavalo reage no momento, não é dissimulado e não sente necessidade de nos agradar, espelhando exatamente os sinais que lhe enviamos e dando um feedback direto e sem floreados, mostrando a nossa eficácia ou ineficácia na comunicação com ele.

No contato com os cavalos aprendemos a dar maior atenção aos nossos atos, e a aplicar de forma consciente a pressão e energia que incutimos na relação com os demais.

Cavalos são extremamente sensitivos e verdadeiros. Eles refletem o que fazemos a eles, sentem a divergência entre nosso pensamento ou sentimento. Portanto, a contribuição do cavalo e da equitação no desenvolvimento da liderança é evidente. O cavalo auxilia na formação da personalidade das pessoas que praticam a equitação, e que ficam em constante contato com este animal. Inclusive a ciência estuda teorias que embasam a utilização do cavalo como meio para a evolução afetiva e psicomotora do ser humano.

O cavalo é, portanto um líder nato, que consegue, de forma natural, comandar, sem nem notarmos tal habilidade, e, consegue principalmente, evidenciar características nossas, que muitas vezes não temos coragem, ou personalidade para expor. Ele é, literalmente, o despertar do líder, foi antigamente e provavelmente será para sempre.

Posts Relacionados

© 2019 Cavalos do Sul