O cavalo que empina

A Universidade do Cavalo vai disponibilizar alguns textos para serem divulgados aqui no nosso link Artigos, segue o primeiro escrito por Aluisio Marins: O cavalo que empina.

Por Equipe Cavalos do Sul

19/11/2013

 

Existem cavalos que empacam e empinam quando estão saindo da cocheira ou do curral, e as pessoas na maioria das vezes não sabem como agir nesses casos. Normalmente estas pessoas montam em finais de semana, e aos sábados e domingos querem passear, se divertir e curtir bons momentos ao lado dos cavalos. O que ocorre é que estes bons momentos acabam sendo interrompidos por uma empacada, empinada e até mesmo coices em alguns casos.

Por que isto ocorre e o que pode ser feito para isto não acontecer?

Os cavalos são animais de hábitos. Os hábitos são normalmente colocados pela rotina estabelecida pelo Homem. Pensando em um cavalo de passeio, de sítio ou chácara, um cavalo passa a semana sem trabalhar, pois seus donos estão na cidade. Este cavalo come, fica com outros cavalos, se diverte, dorme, sempre nos mesmos lugares. Ou seja, estes cavalos não tem o hábito de trabalhar sistematicamente, até porque não são todos os donos que vão ao sítio em absolutamente todos os finais de semana, e mesmo se forem, os cavalos passam 5 dias sem trabalhar.

 

 

Quando chega o final de semana, estes cavalos habituados a um esquema de vida passam a ter que fazer o absolutamente inverso do que vivem pelo maior tempo, ou seja, trabalhar. Então, pensemos como um cavalo pensa sobre isso:

- passa 5 dias comendo sem trabalhar, se divertindo, escolhendo o que fazer;
- chega um dia, vem a sela, vem a falta de diversão e o impedimento de se escolher o que fazer;
- alia-se a isto uma equitação de não muita qualidade técnica (que é absolutamente normal e aceitável), e o cavalo então começa a “argumentar” com seu dono, mas da forma como os cavalos fazem: empacando, e as vezes empinando..

Como prevenir isso?

 

- seu cavalo tem que comer o suficiente para o que trabalha. Não dê muita comida, se ele não trabalha, por mais que você goste dele;
- seu cavalo tem que estar em um mínimo de forma física, por isso, peça para o caseiro, o filho do caseiro ou alguém montá-lo pelo menos 2 vezes na semana;
- ao trabalhar 2 vezes por semana, novos hábitos serão criados, e seu cavalo vai entender então que sair para passear também pode ser um novo hábito.

- cuide do ferrageamento ou casqueamento, para quer seu cavalo tenha as patas saudáveis para seu passeio.

Artigo escrito por Aluisio Marins, MV (Universidade do Cavalo).

 

Posts Relacionados

© 2019 Cavalos do Sul